Quer aprender como ranquear imagens para que elas sejam encontradas no buscador mais usado do mundo?

Uma das principais vantagens de ranquear imagens é que desse jeito você pode aumentar o tráfego orgânico e qualificado para o seu site, já que sua página será encontrada nos primeiros resultados do Google.

Mas essa não é a única vantagem! Veja a seguir por que você precisa aprender a ranquear imagem no Google.

Por que ranquear imagens no Google?

Quando um usuário faz uma busca no Google, dependendo do assunto, a própria página de resultados já mostra algumas opções de miniaturas de imagens. Essas miniaturas de imagens geralmente aparecem como uma opção do resultado orgânico ou como um mosaico do lado direito da página.

lua

Geralmente, as buscas que aparecem dessa maneira são aquelas que o Google identifica representações gráficas associadas a essa palavra-chave.

Utilizar técnicas de SEO também ajuda no ranking das imagens no Google. Além dos componentes mais conhecidos como título da página, tags, conteúdo e links relacionados à palavra-chave, muitas pessoas se esquecem de fazer o upload das imagens da forma correta. Você sabe como fazer?

Insira o nome do arquivo de acordo com a palavra-chave que você quer ranquear, e preencha os campos de “Texto Alternativo” e “Título” no WordPress.

O “Texto Alternativo” é muito importante porque ele aparece quando uma imagem não carrega, e o “Título” é o tooltip que surge quando o mouse está em cima da imagem.

Imagens, fotos e ilustrações podem gerar mais cliques nos resultados da busca orgânica. E quanto mais cliques, mais tráfego para o seu site!

Como ranquear imagens no Google?

Além das dicas que já falamos nesse artigo, como o uso da palavra-chave e as técnicas de SEO, é importante que você aprenda mais maneiras de otimizar suas imagens.

Seguindo a política de publicidade do Google onde os usuários precisam ter uma boa experiência na navegação, as imagens precisam estar em ótima qualidade e resolução. Imagens distorcidas ou com uma qualidade ruim podem afetar a credibilidade da sua página.

Em gráficos, infográficos e fluxogramas, não se esqueça de verificar se as palavras e os números estão legíveis.

Evite redimensionar suas imagens utilizando o código CSS. Se você precisar alterar o tamanho da imagem, utilize ferramentas de edição.

Aproveite agora mesmo para colocar em prática todas essas dicas para ranquear imagens no Google. Se você tem mais dúvidas sobre SEO e está pensando em contratar uma agência para gerenciar o seu blog e site, entre em contato com a Spiner.